31 de mar de 2015

Resenha - Filme: Simplesmente Acontece (Love, Rosie)


Hey! Tudo ok com vocês? E... Gente, gonguei o show da Marina! No meu último post eu joguei tanta inveja, que o vôo da menina não aconteceu. Foi mals, Diamonds. Mas Marianinha só vai vir pra cá, quando eu puder ir. Senão, não rola hahaha. O estranho é que ela estava numa balada momentos antes do “vôo” né... Enfim.

Depois de muita espera, eu pude ver Simplesmente Acontece, e devo admitir... Que filme lindo, gente. Sério. Eu sou apaixonada pela Lily Collins, tipo muito, e todo (e qualquer) filme que ela faça, eu estou assistindo. E devo dizer que ela é uma das minhas atrizes favoritas. Eu tava no youtube um dia, e tinha um trailer, do filme “Love, Rosie” – título original do filme – e foi amor a primeira vista. E eu juro, vi TODOS os trailers e partes divulgadas do filme, e estava contando os dias para “estrear” aqui no Brasil – meses depois dos EUA. E aí, estreou.

Filme: Simplesmente Acontece
Título Original: Love, Rosie ou Where Rainbows Ends
Duração: 1h42 minutos
Diretor: Christian Ditter
País: Reino Unido, Alemanha
Atores Prinpais: Lily Collins, Sam Cliffin 

Rosie e Alex são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos todas as dificuldades. Embora exista uma atração entre eles, parecem viver em negação, protegendo a amizade que tem. A faculdade entra em questão, e enquanto Alex vai para Harvard, Rosie esconde um segredo que deixa seus sonhos para trás. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos e receios, enquanto a vida é passo por um acaso atrás do outro. E com muito drama e risos, talvez o amor vença no final.



Os primeiros minutos do filme são suficientes para você querer ver ele todo. Ele começa pelo fim, e aí a vontade de saber o começo de tudo não te deixa abandonar o filme. Você, já de cara, conhece a profundidade que a amizade deles tem e também seus planos para o futuro. E o filme vai seguindo um padrão de filmes americanos, com o baile, as festas, os pares, mas tudo com um diferencial, tirando o filme daquele clichê maçante. Então, um acontecimento nada premeditado, muda tudo o que já estava definido, deixando sonhos para trás. Rosie engravida de um cara que ela não ficou mais de uma noite, e sem saber o que viria a seguir, ela decide abraçar seu futuro e viver um dia de cada vez.

Simplesmente Acontece, tem um assunto muito claro: o amor sempre te encontra no final. Porque, como diz a frase mais marcante do filme: ‘Eles eram amigos inseparáveis, sendo sempre separados.’ E o filme consiste nisso, nas idas e vindas do amor, dos acasos da vida, de um destino incerto, e do dois amigos que sempre se atraíam, não importasse o que acontecesse.



Acho eu, que o que mais me fez gostar do filme, antes mesmo de ver, foi a amizade da Rosie e do Alex. E no filme, você suspira a cada cena deles juntos. Você consegue perceber, que a amizade que eles dividem é forte e foi construída com o passar do tempo. Conseguindo ver, mesmo que eles não digam que um sempre estará ali para o outro. E acho que é isso que também atrapalha o suposto romance. Porque é aquilo, né. Se der errado, a amizade acaba, mas se der certo, é uma das melhores coisas do mundo. O filme mostra isso de uma forma não tão apelativa, nem forçada, mas de forma real e você consegue sentir a aflição dos personagens nesse dilema romântico.

Hoje em dia, é bem comum um diretor ou autor fazer da principal, uma garota totalmente desajeitada e insegura para rolar uma identificação com a pessoa que esta assistindo. E em Simplesmente Acontece, a Rosie apresenta uma adolescente normal, sem nenhuma apelação como a Bella, de Crepúsculo, por exemplo. Ela tem sonhos, um futuro planejado, um melhor amigo e uma possibilidade de amor á sua frente, até que tudo se quebra com um acidente do acaso. E foi isso que eu achei interessante, porque nos filmes de ficção fantástica/científica (que eu amo), os personagens têm sua vida alterada por um grande acontecimento, e no filme, simples detalhes, mudam o curso de toda a história, provando que nada é premeditado, e nem perfeito. Ou seja, nem nos filmes os planos que temos são seguidos do jeito que desejamos.



Vou ser sincera, o ritmo do filme não é perfeito. Se Love, Rosie for comparado á Stuck In Love (Ligados pelo Amor), dá para sentir que o filme é um tanto cansativo em alguns pontos, porque são muitas voltas que o casal dá. Muitas mesmo. Senti que o ritmo do filme foi muito rápido, e ás vezes eu me atrapalhava, pensando se anos ou dias haviam se passado, de uma cena para a outra. Mas isso não atrapalhou tanto, no ponto de eu querer desistir de assistir. O enredo é auto-suficiente, para você querer ver até o final.

A atuação é impecável (Lily Collins e Sam Claffin são incríveis), e o filme torna-se cômico, em certas partes, com as piadinhas e maneiras dos personagens. O enredo é incrível, só o ritmo do filme, que ás vezes dava uma certa cansada. Mas estilo do filme, é daqueles leves, sabe? Gostosos de assistir num domingo, com um sono batendo. De uma história leve, com fatos marcantes, mas o drama não é tão destacado.



Amor entre amigos é o clichê mais clichê de todos os tempos na história do cinema, acho eu. Porém, surpreendentemente, Simplesmente Acontece conseguiu ser diferente, de qualquer outro que eu tenha visto. Porque o drama tratado no filme, não é algo fútil, é algo que você consegue entender e sofrer com os personagens e também torcer para eles superem os problemas, no final de tudo.

Quando eu vi o trailer, eu já estava esperando que algumas coisas na vida da Rosie iriam dar errado. Mas aí eu percebi que existe alguém mais azarado na Terra, do que eu. Gente, da dó. Tem horas que você tem que dar pausa, e respirar, porque senão você morre ali mesmo. Mas, de uma forma, ou de outra, tudo sempre se encaixa. E acaba se tornando algo bom, porque sempre tem um momento que você vai ficar “MDS!”, o que é legal num filme, acaba mexendo com as emoções. O filme acaba misturando drama, comédia, reviravoltas e romance, tendo um resultado muito legal.

Você sente o drama dos personagens, consegue rir, porque há muitas cenas engraçadas e cômicas, onde o riso é inevitável. E ainda consegue sofrer junto, desejando um final feliz a cada segundo. Essa relação é muito gostosa quando se assiste um filme, e Simplesmente Acontece foi perfeito nesse quesito.

Em minha opinião, o objetivo do filme foi mostrar que o amor supera o acaso e o desencontro, sempre vencendo no final e o filme não falhou em passar tal mensagem. Porém não surpreendeu, eu esperava mais. Assistirei ele novamente, com certeza, e entrou para os meus favoritos, pelo enredo e personagens. Ainda quero muito ler o livro que originou o filme, que leva o mesmo nome, da autora irlandesa, Cecelia Ahern. Sem contar que, por causa do trailer, a música Chocolate do The 1975, esta no meu replay e eu estou apaixonada por ela. 

Eu sou viciada em trailers (isso existe) e de Simplesmente Acontece é muito bem feito, e muito amor. Assisti diversas vezes, e ele foi motivo suficiente para querer assistir o filme. Existem vários trailers, mas esse foi meu favorito: 



Enfim, se você quer um filme de romance, que tenha drama e comédia na medida certa, personagens apaixonantes e um enredo de suspirar a cada cena, Love, Rosie é o filme ideal. 
Espero que tenham gostado da resenha, e se assistiram, me contem o que acharam. Adoro quando vocês contam suas opiniões e/ou experiências.

Aaaah, o blog tem uma pequena novidade: um Tumblr! Gente, não tem jeito, eu apenas amo aquele lugar. E ele me serviu bem aqui no blog, porque, de acordo com as postagens aqui, eu atualizo lá. Por exemplo, esse post é sobre o filme Simplesmente Acontece, então o tumblr esta cheio de quotes e cenas fofas e lindas do filme, que podem ajudar a ilustrar os posts. Além de que, lá você pode ficar sabendo sobre o que será os próximos post pelas coisas que eu reblogo ou posto por lá. Então, se você tiver um tumblr, bora seguir. O nome dele é 'Essas Coisas do Tipo'  e eu me esforcei para deixar ele bonitinho haha

Fiquem bem, 
e até.


Me acompanhe nas Redes Sociais

6 comentários:

  1. Gente que resenha mais perfeita!
    Esse está sendo o primeiro post que vejo em seu blog e por causa dele com certeza voltarei milhares de vezes aqui.
    Adorei a forma como escreveu e demonstrou tudo aquilo que sentiu assistindo o filme. Você escreveu tudo perfeitamente, de uma forma muito agradável de ler :)
    Beijos !!!!

    http://desembuchaagorablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário! Fico muito feliz em ver que pessoas vem minhas resenhas dessa forma. Seja bem-vinda haha :)

      Excluir
  2. Amei o seu blog!! <3
    Estava dando uma passada no google para pegar umas fotos para colocar na minha resenha sobre Simplesmente Acontece, ai achei o seu blog! Muito lindo *---*
    E já estou seguindo!
    Beijoo

    primaveraagridoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Geeente, que resenha maravilinda, amei o jeito que você descreveu o filme, acho que eu o descreveria assim também, realmente dei pause várias vezes para não morrer de tanto chorar. como amei simplesmente acontece, amei tambem essa resenha. Será que você poderia me indicar alguns outros filmes, nesse mesmo estilo, ou outro. tudo meenos terror
    Obrigada, bjs <3

    ResponderExcluir
  4. Olha, muito maravilhosa sua resenha, amei muito. Me deu uma certa ajuda num trabalho que estou fazendo. Me ajudou a colocar em palavras o que tava sentindo (o que é meio difícil as vezes pra mim.) :) Parabéns <3

    ResponderExcluir
  5. Da raiva ler o livro!!! Gente tanto tempo!!! Argh!!! Eu Gostei!!! Mais achei que demora muito!!!! Valeu !! Você escreve muito bem ! Que tal escrever livro???
    (Ah desculpe mais sou muito exagerada nos "!!!! " "???")

    ResponderExcluir